terça-feira, 31 de agosto de 2010

TSE retira peça publicitária do ar a pedido do Conselho de Odontologia

Por Thaís Naldoni, editora-executiva do Portal IMPRENSA

Uma peça publicitária de responsabilidade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que visa alertar o eleitor quanto à importância do voto consciente, está causando polêmica entre os profissionais de odontologia do país. Segundo o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), a propaganda retrata de forma "inadequeda" e "ofensiva" o cirurgião-dentista e, por isso, pede que a publicidade seja tirada de circulação.

 

Em nota enviada à imprensa, o CROSP - entidade que representa 75 mil cirurgiões-dentistas de São Paulo - diz que a exemplo escolhido para conscientizar sobre o voto compromete a "educação da população no que diz respeito à importância da prevenção e dos cuidados com a saúde bucal". "Ao estigmatizar a figura do cirurgião-dentista como um profissional que provoca medo aos pacientes, a propaganda desestimula a busca dessas ações, por parte da sociedade. Os efeitos são especialmente nocivos entre a população infantil".

O Conselho acredita que o conteúdo da propaganda deturpa a categoria, uma vez que pode "induzir a população a acreditar que existam cirurgiões-dentistas atuando na ilegalidade". A intenção do CROSP é sensibilizar o TSE para que o comercial seja tirado do ar.

O Portal IMPRENSA entrou em contato com o setor de comunicação do TSE, que informou que a peça será substituída por outra. O Tribunal disse, ainda, que um ofício será enviado ao Conselho de Odontologia, informando a decisão.            

Mais notícias: http://bit.ly/bplp50

Nenhum comentário: